Estreante na TV Áurea Maranhão, conta que chorou após cena com Juliana Paes e ao conhecer Fernanda Montenegro - Notícias Celebridades Tv

Hot

Post Top Ad

quarta-feira, 22 de maio de 2019

Estreante na TV Áurea Maranhão, conta que chorou após cena com Juliana Paes e ao conhecer Fernanda Montenegro

Veterana no teatro, onde atua desde criança, Áurea Maranhão está fazendo sua estreia na televisão em grande estilo: ela é Ticiana, irmã de Amadeu (Marcos Palmeira) em a Dona do Pedaço, a nova novela das 9. De personalidade forte, a personagem já bateu de frente com Maria da Paz mocinha de Juliana Paes, em um encontro dramático que foi ao ar no capítulo de terça-feira (21). “Me receberam
com muito cuidado e respeito, não teve essa de ser desconhecida. Tive o carinho de todos Foi um choque de realidade descobrir toda essa estrutura, aprender com esses artistas que me receberam de braços abertos”, diz Áurea, 31 anos, que chorou ao conhecer Fernanda Montenegro e após a difícil cena com Juliana. “Chorei de soluçar”, conta.
Áurea estava na sala de caracterização da novela, sendo maquiada e penteada, quando encontrou com Fernanda, que vive Dulce na trama, pela primeira vez. “Ela entrou parecendo uma borboletinha sorridente, cumprimentando todo mundo, eram mais de 30 pessoas ali. Comecei a chorar tanto, muito mesmo. Aí Dona Fernanda veio até mim e perguntou ‘por que você está chorando, seja muito bem-vinda’, e me deu um abraço. Chorei ainda mais”, conta a atriz.
Já com Juliana, o choro veio logo após a cena em que Ticiana confronta Maria da Paz após Amadeu ser baleado e ameaça a vida dela. “Foi uma descarga de emoção, tive uma crise. A Juliana pegou na minha mão e foi conversar. Ela disse ‘nessas horas que a gente fica nervoso, pode pedir uma minutinho à direção que eles vão entender, porque você é o instrumento de seu trabalho’”, lembra Áurea. “Juliana foi de uma generosidade incrível jamais vou esquecer”, afirma a atriz , que elogia Marcos Palmeira (“meu irmão pro resto da vida”) e Walcyr Carrasco pelo texto da novela.
Escalada apenas para a primeira fase de A Dona do Pedaço, Áurea sonhava fazer TV. Ela nasceu em Manaus e seu mudou para São Luís ainda criança. Criada no Maranhão,  assumiu incorporou o estado ao sobrenome. Filha da cozinheira Liane, de 50, e o autônomo João, de 67, ela tem quatro irmãos e, desde pequena queria ser atriz. “Eu
tenho um primo que é músico e admirava demais esse universo artístico. Além disso, nas festinhas de aniversário em São Luís, sempre tinha um palco, e minha sempre virava e falava ‘Áurea, minha filha, desde desse palco e deixa as outras crianças subirem”, lembra.
Os pais incentivavam a menina, que pensou até em fazer jornalismo como uma forma de chegar à televisão. “Eles sempre me estimularam, mas na época do vestibular teve esse momento de perguntar porque eu não fazia outra carreira. Era uma questão minha também, porque aqui em São Luís eu nunca tinha visto alguém vivendo de teatro”, explica Áurea, que aos 17 anos,  entrou para um grupo de teatro universitário e nunca mais parou com os palcos, conseguindo se sustentar com o que ganhava. Dois anos depois, um amigo que ia tentar entrar na EAD, a famosa Escola de Arte Dramática da USP, convidou Áurea para tentarem o exame de admissão juntos. Ela passou, ele não.
“Eu estava juntando dinheiro há dois anos para comprar um carro ou uma moto e viajar pelo interior com meus espetáculos. Era um sonho meu”, diz Áurea, que acabou se mudando para São Paulo aos 19 anos, em 2007, com R$ 3 mil no bolso. Ela teve ajuda de amigos, que facilitaram sua vida na medida do possível, e foi morar no dormitório da USP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad