Breaking News

De cadeira de rodas, Claudia Rodrigues se despede de Lúcio Mauro

Claudia Rodrigues chegou de cadeira de rodas ao velório de Lúcio Mauro hoje no Theatro Municipal do Rio. Acompanhada de sua empresária, ela pediu ajuda para levantar da cadeira e beijou o rosto do humorista.
"Para mim era o maior comediante do país. Tive a oportunidade de trabalhar com grandes comediantes como Francisco Milani, Rogério Cardoso, Agildo
Ribeiro. Tive todos os ensinamentos que eu pude ter. Só vim aqui porque eu tinha que ajeitar ele bem lindo para chegar lá em cima e encontrar com Jesus, coisa mais importante pra ele", disse a atriz.

"O que eu mais queria na vida era um homem como Fernandinho [personagem do 'Zorra' que fazia par com Ofélia, interpretada por Claudia], então vim aqui me despedir dele pedindo pra ele se ajeitar. Foi fundamental [na minha carreira], o adorava muito", completou.

Despedida

Lúcio Mauro, 92 anos, estava internado havia quatro meses na clínica São Vicente, no Rio de Janeiro, com problemas respiratórios. Na noite de sábado, ele morreu de falência múltipla de órgãos. O filho do ator, Lúcio Mauro Filho, detalhou o estado de saúde do pai em seu texto de despedida, publicado em sua rede social.
"Há três anos ele sofreu um AVC. Foi forte e resistiu. Mas já não era a mesma coisa. Preso a uma HomeCare, ele lutou até suas últimas forças. Ainda teve a alegria de conhecer Liz, a neta inesperada que chegou para
promover o ciclo da vida. Estava internado havia quase quatro meses. A esticada foi longa e sofrida. Agora só restava o descanso que ele tanto merece. Meus agradecimentos a todos os funcionários da clínica São Vicente, onde papai sempre foi cuidado com carinho e profissionalismo. À Rede Globo pela parceria e lealdade. Nós ficamos por aqui, celebrando sua existência e seguindo com seu legado", escreveu.
Um dos grandes nomes do humor brasileiro, Lúcio de Barros Barbalho nasceu em Belém (PA) em 14 de março de 1927. Ele iniciou sua carreira profissional em Recife (PE), na companhia teatral do ator Mário Salaberry, após anos atuando em produções estudantis.

Nenhum comentário