Breaking News

O repórter da Globo Pedro Figueiredo falou sobre o desafio e dificuldades da cobertura das chuvas do Rio


O repórter da Globo Pedro Figueiredo falou sobre o desafio e dificuldades da cobertura das chuvas do Rio de Janeiro que matou 10 pessoas desde segunda-feira (8) e ganhou muitos elogios
nas rede sociais.
"Dias como o de ontem e o de hoje são muito tristes. Dez pessoas perderam as vidas com as chuvas no Rio. Outras dezenas perderam tudo o que tinham: móveis, eletrodomésticos, objetos pessoais, roupas. Mas, ao mesmo tempo, são nesses dias que o jornalismo se torna ainda mais forte, mais importante, mais necessário", escreveu ele ontem no Instagram.
Pedro trabalhou até a madrugada de segunda para terça-feira e na manhã seguinte, já estava no ar, ao vivo, debaixo de uma forte chuva, fazendo a cobertura por bairros na zona sul do Rio, que foram um dos mais atingidos pela chuva.
"Queria agradecer todas as mensagens que recebi: de carinho, de preocupação, de consideração. Foi uma cobertura importante e marcante. E tenho orgulho de ter feito parte dela ao lado de tantos colegas queridos e que admiro. Um beijo em todos e todas", completou o repórter.
"Parabéns, amigo. Jornalismo na veia", elogiou o repórter Diego Haidar.
"Você deu lição de profissionalismo, entrega e cidadania", comentou Nany People.
Muitos internautas ficaram preocupados com a saúde do jornalista, já que ele ficou debaixo da chuva por muitas horas, assim como outros repórteres da emissora.
"Vai descansar, você merece. Cheguei a ficar agoniada vendo você tanto tempo ao vivo na TV. Parabéns pelo trabalho", escreveu uma seguidora.
"Tome remédio para não ficar resfriado", comentou outro internauta.
"Fui dormir e você estava na rua cobrindo, acordei e você já estava na rua de novo. Teu trabalho se destaca muito na cobertura sempre com seriedade e relevância. Parabéns pelo trabalho", disse um seguidor.

Nenhum comentário