Breaking News

O ex-BBB Antônio Rafaski se manifestou após ver seu nome ligado à denúncia de estupro

O ex-BBB Antônio Rafaski se manifestou através da sua assessoria de imprensa após ver seu nome ligado à denúncia de estupro feita pela youtuber Vee Castro em um vídeo. Sem citar nomes, a garota de 20 anos diz que foi violentada por um ex-BBB dentro do navio da Chilli Beans em uma das cabines pouco antes de desembarcar no Porto de Santos (SP), no último dia 23 de março.
"Fui surpreendido com as acusações e gostaria de salientar que embora eu, ex-BBB, estivesse no navio, em nenhum momento fiquei sozinho com ela. É importante que se descubra mesmo que é o homem citado por Vee Castro, mas infelizmente ela não revelou o nome em seu vídeo e diversos haters têm vindo as minhas redes sociais me acusando de ser responsável pelo ato contra ela", disse ele.
Antonio segue pedindo calma aos internautas. "Atacar sem provas concretas configura como crime, além de não ser justo com quem, assim como nós, outros ex-BBBs estávamos lá como todos os demais prestigiando o evento. Fui criado em uma família de princípios éticos muito bem direcionados e jamais me envolveria em um ato tão sujo como um estupro ou tentativa de tal. Não há como acusar alguém sem provas".
O ex-BBB informa que seus advogados já estão tomando as medidas jurídicas cabíveis contra as acusações "sem fundamento contra os únicos ex-BBBs que estavam presentes no navio, uma vez que ela isentou, também em um vídeo, a participação do outro participante presente e coloca minha imagem em seu vlog".
O texto ainda cita o caso recente do ator Douglas Sampaio, que foi acusado de agressão pela atriz Jennifer Oliveira e, inocentado, está processando a ex-namorada por danos morais. "Qualquer semelhança não é mera coincidência! Em breve provarei que não tenho nenhuma relação com as acusações".
"Desejo que a Vitoria Castro consiga em breve provar o que aconteceu, para que ela fique bem e tenho certeza que a justiça buscará a verdade, para que as pessoas não usem a internet para ataques gratuitos e sem fundamento".
A Chilli Beans, organizadora do navio que reuniu várias celebridades e influenciadores digitais, declarou em nota estar à disposição da jovem, inclusive no apoio em uma eventual investigação:
"A Chilli Beans repudia veementemente qualquer crime, ato ou violência que desrespeite as pessoas ou viole os direitos humanos. Desde que tomou conhecimento do relato de Vitória "Vee" Castro, a empresa se colocou prontamente à disposição para prestar apoio e suporte necessários, de qualquer natureza. E assim continuaremos, inclusive dando apoio a eventual investigação. O respeito a todos é um dos pilares fundamentais da nossa organização."

Nenhum comentário