Breaking News

Murilo Benício criticou a maneira como as pessoas se relacionam com as redes sociais


Murilo Benício criticou a maneira como as pessoas se relacionam com as redes sociais no "Conversa com Bial" de segunda-feira (15). O ator, de 47 anos, comentou como o politicamente correto afeta suas conversas no dia a dia e acredita que há um vazio no comportamento coletivo por trás das telas.
"A gente está numa fase muito importante e ao mesmo tempo muito chata da história. Eu me vejo me policiando o que falo em roda de amigos. A gente tinha o direito de falar besteira, até para o amigo falar: 'pô, está maluco de pensar assim?', para gerar esse diálogo. Está muito no extremo", reclama.
"Ao mesmo tempo me sinto numa posição tão errada para estar descontente com isso. Porque branco, classe alta, homem, hétero, sei o quanto a gente deve. Os juros estão muito altos que a gente está pagando. Mas se esse é o caminho, que seja, é o momento de baixar a cabeça e esperar", analisa.
A internet contribui, afirma. "Isso gira muito em torno dessa confusão de redes sociais, a gente não sabe usar. Vejo milhões de pessoas seguindo gente que não vai a lugar nenhum. Dá vontade de dizer: 'eles não vão para lugar nenhum nem vão chegar a lugar nenhum', Pessoas que não fizeram absolutamente nada têm milhões de seguidores. Sinto um vazio nesse lugar", observa.
Benício já ficou nervoso com os comentários que leu. "Postei algo na eleição e tinha um cara falando de mim. Na minha época, falar um negócio desse, é porrada. Mas o cara está a 5 horas de avião de você. [A internet] deu coragem às pessoas a falar qualquer coisa, não tem uma censura".

Amores

Ele comentou a fama de se envolver com as atrizes que trabalha - foi assim com Alessandra Negrini e Giovanna Antonelli, mães de seus filhos, e com Débora Falabella desde "Avenida Brasil" (2012). "Não sou um cara da noite. Eu solteiro não vou ficar nos bares, nas boates. Eu encontro as pessoas no meu meio, tem milhões de pessoas interessantíssimas", defende, brincando em seguida.
"O ruim é que todo mundo fica sabendo da nossa história e no começo da relação pareço um ex-detento procurando emprego. A pessoa fica olhando, 'você fez isso? Vai fazer comigo também'", diverte-se.
Murilo é só elogios à atriz. "Acho que é a pessoa que eu mais me entendi. Quando a gente viaja, está passeando, vai pra museu, cinema, o papo sempre evolui. Ela tem uma ideia impar, eu par, e as ideias vão para algum lugar", filosofa.
Fazer par romântico na ficção após assumir na vida real mexeu com os dois. "Fizemos uma série juntos, 'Nada Será Como Antes'. A gente morreu de medo, era a primeira vez que estaríamos juntos já sendo um casal. Lembro que a gente entrou em pânico", recorda.

Nenhum comentário