Breaking News

Após ataques racistas, família de Rodrigo, do "BBB19", entrará na Justiça


A família de Rodrigo, do "BBB19", vai procurar a Justiça após ofensas feitas ao brother nas redes sociais. O cientista social e dramaturgo disputa hoje o paredão com Hariany e Carolina.
Rodrigo foi alvo de comentários racistas em seu Instagram, que conta com 275 mil seguidores. Após os ataques, a família do participante resolveu trancar o campo de comentários, restringindo o perfil para quem segue o brother.
"Os ataques são bem violentos, chamando inclusive ele de macaco. Isso é crime de injúria racial, que é xingar diretamente a pessoa", afirma o advogado Ricardo Brajterman.
Segundo o advogado, a família está indignada e disposta a entrar com a ação mesmo que o brother não saia no paredão de hoje.
"Terão duas frentes, na área criminal vamos levar todos os posts racistas para a delegacia de Crimes Eletrônicos; na área civil vamos pedir ao Instagram que forneça o IP de todos os perfis que fizeram postagem de conteúdo racista", explicou Brajterman.
A reportagem do UOL teve acesso a comentários das ofensas feitas contra Rodrigo que serão usados como provas para as ações judicias.
Após acionar o advogado, os responsáveis pelas redes sociais de Rodrigo publicaram um texto reflexivo sobre a luta contra o racismo.
"Agora, meu amigo, é o Brasil racista que se sente no direito de te chamar de 'macaco' e desejar que 'fique manco da outra perna'. (...) Daqui, espero que tenhamos sabedoria para entender todas as outras lutas que agora você, obrigatoriamente, terá que enfrentar. E que você tenha força para superá-las e continuar esse cara íntegro, gentil e maravilhoso que você é", diz um trecho.
"Vai sair o macaco", diz um perfil fake. "Vai sair miserável. Lugar de macaco é no zoológico. Lixo para a sociedade", diz outro. "Esse catimbozeiro já era para ter saído", escreveu um outro perfil.

Nenhum comentário