Breaking News

Enzo Celulari lamenta morte de avó materna


Enzo Celulari lamentou em seu Instagram a morte de sua avó materna, Dona Odete. O filho dos atores Cláudia Raia e Edson Celulari, enalteceu a força de sua avó, que morreu  aos 95 anos.

"Na noite de ontem, ganhamos mais uma estrela no céu. A estrela mais brilhante e reluzente, dona de um alto astral único e contagiante. Sua
trajetória, seu caráter e sua generosidade fizeram da Dona Odette Motta Raia, não só uma grande mulher, mas uma verdadeira rainha. Minha vozinha descansou e será recebida da forma que ela mais gosta e merece: com muitos aplausos, beijos e gargalhadas. Vá com Deus nossa guerreira. Que esse seu novo ciclo seja de muita LUZ", disse ele.
Minutos antes, Claudia Raia e seu marido, Jarbas Homem de Mello, também prestaram suas homenagens pela rede social. Hoje parte para um novo ciclo de luz minha RAINHA MĀE! Fico desnorteada sem rumo ainda, mesmo seus 95 anos me indicando a finitude, nunca se está preparado para perder uma mãe", afirmou a atriz na legenda, sem detalhar a causa da morte.
Odette completaria 96 anos no mês de abril. A atriz costumava enaltecê-la por qualidades como "inteligência, vitalidade, luta e generosidade" e afirmava que ela foi uma verdadeira "pãe", visto que o pai da atriz morreu quando ela ainda era criança.
O ator Jarbas Homem de Mello, marido de Cláudia, também escreveu sobre a morte da sogra. "Hoje ela nos deixou, percebeu que sua missão estava cumprida, foi com a certeza de que tudo estava organizado, como ela sempre gostou que estivesse. Dona Odette Motta Raia, matriarca guerreira, artista visionária e empreendedora segue seu caminho, agora faz parte de uma constelação de grandes! Muito obrigado por me acolher imediatamente e me dar tanto amor esses anos todos que tive o previlégio de estar perto da senhora! Vá com Deus e com os anjos sogrinha, seguiremos aqui te amando e te admirando."
Leia abaixo o texto publicado por Cláudia Raia na íntegra:
"Mãe, verdadeiro amor, entrega total, rede de proteção, acolhimento, colo, lugar seguro, braços sempre abertos pra um filho, olhar atento, intuiçāo sempre perfeita, o único ser insubstituível. Hoje parte para um novo ciclo de luz minha RAINHA MĀE! Fico desnorteada sem rumo ainda, mesmo seus 95 anos me indicando a finitude, nunca se está preparado para perder uma MĀE. Tive a sorte de ter nascido no seu ventre, aos seus 44 anos, aprendi a ser corajosa e valente com você, seus valores tão honestos e genuínos, estarāo sempre empregnados na minha alma. Obrigado pela PĀE que você foi, equilibrando 11 pratinhos ao mesmo tempo como uma chinezinha do Cirque du Soleil. Obrigada pela grande mulher que você foi, empreendedora, artista, musicista, bailarina e com certeza o seu melhor desempenho, o de MĀE! Odette Motta Raia, você vai fazer muita falta. Te amo sempre e para sempre! Sua caçulinha, a magrelinha afobada, o tico-tico de rabinho."

Nenhum comentário